Free songs

Palmeiras campeão e o renascimento de Felipão

nov 26 • Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Brasileirão, Corinthians, Cruzeiro, Destaques, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, TICKER, Times, Vasco, VitóriaComentários desativados em Palmeiras campeão e o renascimento de Felipão

Felipão é 7 a 1. É fato. Mas é também campeão brasileiro de 2018. E numa competição por pontos corridos, o que até então era um desafio em sua carreira. Felipão renasce no comando do Palmeiras. Ressurge como um verdadeiro campeão nacional. Felipão é competente. Ele não agrada a todos, sobretudo este blogueiro aqui, no entanto, é importante ser justo com o profissional. Felipão teve méritos na conquista, assim como o Alviverde é o campeão nacional com justiça.

Admito que desdenhei quando do anúncio de Felipão para o lugar de Roger Machado. Acreditava ser mais um “tiro no pé” da diretoria do Palmeiras. Assim como eu, um monte avaliou da mesma forma. Porém, com o treinador campeão, batem palmas e sentam em cima das críticas. Cada um é cada um. Não tenho problema algum em fazer um mea-culpa. Felipão merecia um crédito, apesar do 7 a 1, e eu não dei. Hoje, penitencio-me sem melindres, apenas com elogios ao treinador.

Parabéns, Felipão! Parabéns, Palmeiras!

Por outro lado, o discurso agora é de depreciação do título alviverde pelos rivais. Tudo normal, afinal o brasileiro não sabe perder. Quando não se perde, ao invés de aplaudir o adversário, o que resta é tentar minimizar a vitória rival, até para acalentar a frustração do time do coração não ter chagado ao topo. O torcedor por aqui é assim. Patético…

Com o Corinthians campeão no ano passado foi a mesma coisa e assim sempre será. Não teremos uma evolução esportiva, nunca…

No entanto, o campeão é o campeão. O vencedor ficou acima de todos e quem pode mais chora menos, ou melhor, festeja muito mais. Por isso, o palmeirense, que sonhou de forma obsessiva com a Libertadores e não conseguiu, tem, sim, de soltar o grito de campeão. Vencer o Brasileirão não é fácil. Apesar de “chutado” pelos clubes e pela CBF, o Nacional é a principal competição do país e tem de ser muito valorizado.

O Palmeiras é o atual campeão. Um time muito distante de ser brilhante, é verdade, mas com muita eficiência e competência. Um legítimo campeão.

Ao Palmeiras, o título. Aos rivais, a dor de cotovelo!

Comentários

Related Posts

« »