Free songs
neymar-felipão-g-20130519BlogSalgueiro

Felipão acerta ao liberar firulas e provocações de Neymar

jun 5 • Copa 2014, Copa do Mundo, Seleção BrasileiraNenhum comentário em Felipão acerta ao liberar firulas e provocações de Neymar

Felipão libera camisa 10 para fazer o que quiser no duelo desta sexta-feira, diante da Sérvia, no Morumbi, o último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo

Neymar é a referência da seleção brasileira e pode ser chamado sem exageros de dono do time. Felipão dá total liberdade ao camisa 10 e sinal verde até mesmo para firulas e dribles no amistoso desta sexta-feira, diante da Sérvia, no Morumbi, em São Paulo.

“Se ele (Neymar) não driblar, vai fazer o quê? Jogar de zagueiro central? Essa é a qualidade dele, eu não vou proibir, eu vou liberar. Quem tem que cuidar disso é o árbitro. Eu não vou mudar isso no Neymar”, avisa Felipão.

Felipão está certo. É fato que existe o temor de uma lesão ás vésperas da estreia na Copa do Mundo, mas entendo que o atleta deve jogar seu futebol, respeitar suas características, pois só assim cumprirá bem o seu papel. A lesão é triste, traumática em alguns casos, mas faz parte do futebol.

Este receio que Neymar abuse dos dribles e provocações e possa se machucar diante de uma entrada mais forte de um rival comparo a uma pessoa que compra um carro novo. Se ao sair da loja com o veículo, o motorista tomar cuidados extremos e mostrar insegurança, poderá ficar muito próximo de sofrer um acidente.

Neymar tem que jogar bola. Partir para cima dos adversários e jogar com alegria, assim como ele mesmo define seu futebol. Felipão está certo em liberar o atacante. Pedir para Neymar parar de driblar e fazer firulas seria tirar o sorriso do rosto do craque. Isso não se deve fazer.

Um caso típico de jogador que tirou o pé das divididas no amistoso diante do Panamá foi o atacante Fred. O goleador não fez por mal, mas traumatizado com as seguidas lesões, claramente se poupou para chegar inteiro na estreia no Mundial.

Jogo de Copa do Mundo é outro espírito. Valendo a classificação, os jogadores se doam e as divididas são encaradas com cara feia. Já nos amistosos às vésperas da estreia no Mundial se deve precaver mesmo, assim como o rendimento também não é o mesmo, quem conhece futebol sabe disso.

Vale ressaltar que a Sérvia não vem para ser um “sparing”. O time sabe jogar e tem por característica a marcação forte e viril. Resta ao árbitro ao conter a violência e os jogadores brasileiros serem sábios nas divididas.

Vencer e convencer

Admito que torço para uma grande vitória brasileira. Os jogos em São Paulo historicamente não são agradáveis para a seleção, que quase sempre é vaiada.

O Brasil é sempre alvo do clubismo, cujo são-paulino torce para o jogador do seu time em campo e com exceção dos santistas, a imensa maioria critica e pega no pé de Neymar.

Portanto, espero que o Brasil vença jogando bem e de preferência por um placar elástico para ter a torcida a seu favor. A seleção precisa do povo neste Mundial.

Apesar de o público para o jogo desta sexta-feira ter um perfil diferente, que apoia a seleção, creio que se o Brasil não jogar bem desde o início as vaias serão inevitáveis.

Espero por um bom futebol da seleção e uma vitória convincente para que a seleção ganhe motivação e confiança para a estreia. Na próxima quinta-feira, diante da Croácia, na Arena Corinthians, o jogo será de Copa do Mundo e o torcedor tem que ser o 12º jogador do time de Felipão.

Foto: Getty Images

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE