Free songs

“Primeiro tempo” das semis da Copa do Brasil

set 14 • Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Copa do Brasil, Corinthians, Cruzeiro, Destaques, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, TICKER, Times, Vasco, VitóriaComentários desativados em “Primeiro tempo” das semis da Copa do Brasil

Sobre o “primeiro tempo” do mata-mata da Copa do Brasil…

Flamengo 0 x 0 Corinthians

O corintiano que critica a postura defensiva do time no Maracanã tropeça na paixão e prova que não consegue mesmo enxergar o óbvio. O Corinthians atual é uma equipe acovardada e tem de ser assim. Não por receio do rival, mas pelas suas limitações. Imagina o Corinthians atuando para cima do Flamengo com a “avenida” do lado esquerdo com o Danilo Avelar? Certamente, o time hoje já estaria virtualmente eliminado.
Jair Ventura não merece críticas. Ele fez o que tinha de fazer. E o empate sem gols prova que realmente o mata-mata pode levar um time inferior ao rival a decisão de campeonato. Faz parte do jogo. Eu aprovo esse sistema de disputa.
As críticas devem recair à diretoria alvinegra que desmontou o time campeão brasileiro, de novo. Não pelo fato de vender seus principais jogadores, mas por não planejar a reposição dos atletas que deixaram o clube.
É fato que os dirigentes já sabiam da saída dos destaques do time. Houve uma acomodação e a Fiel agora paga o pato.
A disputa da vaga à final está aberta. Ainda acredito mais no Flamengo. Creio, inclusive, que o Rubro-Negro terá mais chances de vitória em Itaquera, justamente quando o Corinthians, pressionado pela torcida, deve sair um pouco mais e oferecer os espaços que o time carioca não teve no Maracanã.
Dia 26 tem mais…

Palmeiras 0 x 1 Cruzeiro

Aposto na Raposa na final. Já havia escrito isso antes do duelo no Allianz. No entanto, apesar da vitória fora de casa, a vaga à final segue também aberta. O Palmeiras foi valente, mas o Cruzeiro foi mais eficiente na frente.
O Palmeiras foi prejudicado nos segundos finais. O árbitro marcou falta inexistente de Edu Dracena no goleiro Fabio. O VAR (árbitro de vídeo) não foi usado, pois o lance já havia sido parado pelo juiz. Erro grave, mas que não revela má intenção do homem do apito e sim uma interpretação equivocada de falta no lance.
O erro prova que, mesmo com a tecnologia à disposição, o futebol ainda será refém das falhas da arbitragem e das polêmicas pós jogo. Dia 26, o Palmeiras tem futebol para virar…

Comentários

Related Posts

« »