Free songs
dsl_8520

Salvem o futebol brasileiro!

nov 17 • Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Copa do Brasil, Corinthians, Cruzeiro, Destaques, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, TICKER, Times, Vasco, VitóriaNenhum comentário em Salvem o futebol brasileiro!

Pedi punição ao Grêmio no episódio da invasão da filha de Renato Gaúcho ao gramado da Arena. Reitero: o clube deveria ser punido como foi pelo STJD. No entanto, como tudo no Brasil, perde-se a mão no momento da punição. Aqui, prende sem direito a fiança o cidadão que rouba uma manteiga e oferece pena convertida em cestas básicas aos bandidos do colarinho branco. Bizarro!

No futebol, o cenário é o mesmo. O Grêmio, punido pelo STJD, não terá direito de jogar em seu estádio “apenas” a decisão da Copa do Brasil, diante do Atlético-MG. Uma punição desmedida, imposta por um tribunal que não deveria nem existir, tampouco tentar impor a moralização ao futebol brasileiro.

Que tal, ao invés do Tribunal, o regulamento já apresente antes de a bola rolar, que invasão ao gramado renderá ao clube infrator multa de 100 mil reais? Apenas um exemplo, a título de sugestão.

Desta forma, extinguiria o Tribunal e deixaria tudo mais definido e sem polêmicas. Essa seria uma saída plausível para moralizar de forma correta e mais justa o futebol brasileiro.

No entanto, isso está longe de acontecer e por um simples motivo: pela desunião dos clubes. O que importa por aqui é levar vantagem. Enquanto meu time estiver à frente do rival, não reclamarei de nada. Gritarei apenas quando eu for o prejudicado.

No episódio de agora, do Grêmio, o presidente do Atlético-MG, rival do time sulino na decisão da Copa do Brasil, levantou a bandeira em defesa do adversário, em nome do esporte e do convívio respeitoso entre os clubes? Eu não vi. Se o fez, foi de forma tímida.

Passou da hora de os clubes se unirem em busca da moralização do futebol. Isso cobraria profissionalismo, mas acima de tudo respeito entre as agremiações e o fim do malfadado pensamento de que o importante é vencer e levar vantagem em tudo.

É preciso se unir contra as mazelas que derrubam o futebol por aqui. O silêncio dos clubes em mais este episódio truculento por parte do STJD é um tiro no pé dos clubes. Mais um. Até quando?

Em tempo: o Grêmio jogará em casa a decisão da Copa do Brasil. Creio e troço por isso. Até porque, aqui se puni, mas nem sempre se cumpre a decisão. Tem lei que pega e outras não. Sim, é verdade.

Espero e quero que o Grêmio pague pela invasão de seu campo, mas não desta forma, justamente na decisão da Copa do Brasil. A torcida não merece. O esporte também não. Salvem o futebol brasileiro!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE