Free songs

O surfe brasileiro tem o seu Neymar. Confira!

abr 30 • Destaques, Entrevista, Santos, TimesComentários desativados em O surfe brasileiro tem o seu Neymar. Confira!

O surfe brasileiro tem também o seu Neymar. Trata-se do paulista Caio Ibelli, considerado um menino prodígio da modalidade. Surfista profissional desde os 16 anos, Caio é natural do Guarujá (SP) e tem chamado atenção do circuito pelas manobras, além da tranquilidade nas palavras e a postura bastante equilibrada, apesar dos 20 anos.

“Não sinto a pressão de ter de vencer e ter resultados. Gosto de sentir que estou bem preparado e melhor que o rival. O que mais penso é em estar bem treinado e poder fazer o meu melhor.”

Campeão mundial do Pró Junior até 21 anos, Caio disputa a segunda divisão da modalidade e mira a elite do surfe profissional. “O meu objetivo é classificar para a elite do surfe. São oito etapas e vou tentar ficar entre os 32 melhores do mundo.”

A próxima etapa será realizada em Saquarema, no Rio de Janeiro, e Caio Ibelli não esconde o desejo de brilhar, porém sempre com os pés no chão. “Meu grande sonho é ser campeão do WT, que é a elite do surfe mundial. Sei que isso é bem difícil, leva tempo, então só penso em ficar entre os melhores neste ano. Um passo de cada vez.”

Leia mais: Tecnologia da Nasa de olho na Copa do Mundo

Na busca por melhores resultados, Caio Ibelli treina muito também fora d’água. O surfista visitou a Clínica Physio Institute, do fisioterapeuta Turíbio Leite de Barros, em São Paulo, onde conheceu o VertiMax, um aparelho de última geração, que simula os movimentos realizados em várias modalidades esportivas.

Após várias simulações de manobra, Caio Ibelli revelou um pouco da dificuldade que o surfista encontra, comparando inclusive sua a realidade com a enfrentada por um jogador de futebol.

“O surfista, diferente de jogador de futebol, que terá o mesmo campo sempre, tem que se adaptar ao mar e às ondas. Tudo varia muito durante um treino ou uma competição. A prancha muda, o vento muda”, ressalta. “A preparação física você garante, mas se na competição quebrar a prancha seu desempenho vai mudar. Isso faz parte do surfe e temos que saber superar. Por isso todos os treinos são importantes.”

De olho na melhora do desempenho, uma bermuda especial, desenvolvida pela Oakley, empresa que aposta no talento do surfista, é mais uma tecnologia à disposição do atleta.

“Essa bermuda é como uma segunda pele. É um tecido que trabalha como aliado do atleta devido a tecnologia nela empregada. Produtos assim ajudam o profissional a quebrar recordes, pois melhora o rendimento”, ressalta o médico Turíbio Leite de Barros.

Fotos: Fábio Salgueiro

Comentários

Related Posts

« »