Free songs
00002o-gol-brasil01-matsu-terraBLOG

Neymar e Felipão podem decidir contra o Chile

jun 24 • Copa do Mundo, Seleção BrasileiraNenhum comentário em Neymar e Felipão podem decidir contra o Chile

O Brasil estreia nas oitavas de final da Copa do Mundo diante do Chile, sábado, 13h, em Belo Horizonte. Agora é eliminatória simples. Um jogo para decidir se fica ou vai embora do Mundial. É decisão. É mata-mata. Preparem o coração, pois vem emoção por aí!

Na busca por um lugar nas quartas de final, a seleção tem em Neymar e Felipão suas principais esperanças para superar o pragmático e perigoso Chile e manter a nação em festa e esperançosa com o sexto título da Copa do Mundo.

Neymar pela sua genialidade em campo, comprovada nos três primeiros jogos (Croácia, México e Camarões). Em todas as partidas, o craque fez a diferença com gols e assistências. Apesar de 22 anos, o camisa 10 chama a responsabilidade e sabe que, só com ele, a seleção poderá ir longe no Mundial.

O atacante foi o destaque na goleada diante dos Camarões, resultado que garantiu a classificação brasileira e como primeiro colocado do grupo. Marcou dois gols e desfilou habilidade e personalidade. Mesmo pendurado com dois cartões amarelos, manteve-se frio diante da truculência rival.

Rumo às quartas, Neymar terá um papel ainda mais decisivo agora, seja com a bola nos pés ou sem ela, já que os companheiros sabem que, com ele, o Brasil pode mais. A torcida também tem esta certeza. Neymar é a esperança de vitória. E a vaga ficará mais próxima com ele, é fato.

No entanto, como Neymar não joga sozinho, apesar de fazer a diferença com a bola nos pés, o técnico Felipão ganha importância fundamental num jogo de mata-mata como o do final de semana, contra o Chile.

Felipão precisa abrir mão de sua convicção inicial e mudar o time. A princípio uma mudança pontual, testada diante dos Camarões e que deu muito certo. Fernandinho precisa jogar na vaga de Paulinho. O volante do Manchester City entrou no segundo tempo da partida diante dos camaroneses e mudou a cara do meio-campo da seleção.

A Copa do Mundo é uma competição de tirou curto. Faltam quatro jogos para o Brasil bater campeão. No entanto, pode restar apenas um, diante do Chile, caso o Brasil não alcance a vitória. Por isso a necessidade de mudar a equipe e tornar a seleção brasileira ainda mais forte.

Entendo a preocupação inicial de Felipão de bancar o time da Copa das Confederações. Tal estratégia visava dar confiança à equipe e não perder justamente a fidelidade do grupo, a qual poderia ficar abalada diante de uma mudança em cima da hora, rifando um dos heróis do título do ano passado.

A situação agora é diferente. O Mundial começa a afunilar e a mudança se faz necessária. Felipão sabe disso. Carlos Alberto Parreira, seu fiel escudeiro, também está ciente. Não se pode esperar pelo bom futebol de Paulinho que sumiu na hora agá. Fernandinho precisa jogar. E merece estar em campo diante dos chilenos.

O mata-mata vai começar. A seleção é forte, está com moral, mas precisa de um Neymar genial e um Felipão menos turrão. Desta forma ficará mais próxima das quartas de final.

Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE