Free songs

O mercado nacional ferve antes da Copa do Mundo

maio 28 • Sem categoriaNenhum comentário em O mercado nacional ferve antes da Copa do Mundo

É jogador saindo, chegando, especulado para vir antes ou depois da Copa do Mundo. Esse é o retrato atual do mercado brasileiro, que anda bem agitado dias antes da abertura do Mundial da África do Sul. Em meio à onda de especulações, muitos craques podem deixar o país, enquanto outros podem chegar.
O que mais me motiva é saber que clubes brasileiros, mais precisamente Flamengo e Vasco, duelam nos bastidores para ter o argentino Montillo (foto). Um camisa 10 à moda antiga, que está no Universidad de Chile e “matou” o Rubro-Negro nas quartas de final da Libertadores.
Há tempos questiono por qual motivo que jogadores desta qualidade ficam perdidos em clubes de menor expressão da América do Sul, longe do futebol brasileiro. A maioria deles ganha salários bem menores do que são pagos aqui, o que me deixa mais convicto que o que falta mesmo para os dirigentes brasileiros é visão, ousadia.
As transações pipocam por todos os cantos do país. Ainda no Rio, o Imperador Adriano já deu adeus ao Fla, de volta à Itália para jogar na Roma. O que irá acontece também com Vágner Love, que deve durar só mais algumas semanas na Gávea, dando fim de vez ao “Império do Amor”.
Em Minas, o Galo repatria o atacante Daniel Carvalho que, para mim, tem mais estatus do que futebol. Quero ver se, com Vanderlei Luxemburgo, o candidato a craque consegue brilhar.
Já por aqui, em terras paulistanas, o argentino Defederico negocia para sair do Timão, que não aceita liberar o jogador para o River Plate. No entanto, outros corintianos podem pedir para sair que o clube não irá se impor, casos de Marcelo Mattos, Escudero, Boquita… Esses podem dar adeus a qualquer momento do Parque São Jorge.
Já o Palmeiras busca reforços, pois entende de forma sensata que precisa qualificar o grupo. Diferente do Santos, que não cogita soltar suas feras, mas apenas aqueles atletas que estão fora dos planos como o volante Rodrigo Mancha e o atacante Maikon Leite, que já foram emprestados para Grêmio Prudente e Atlético-PR, respectivamente.
O mercado está quente e pode mudar a “cara” dos times no segundo semestre, pós-Copa do Mundo, quando o Brasileirão será retomado. Quem é forte hoje poderá vir mais fraco e vice-versa. Fiquem de olho!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE