Free songs
622_1d05af7e-189c-3d95-88c1-15145d15ed88BLOG

STJD acerta e erra ao punir o Grêmio

set 3 • Copa do Brasil, Grêmio, Santos, Sem categoria, TimesNenhum comentário em STJD acerta e erra ao punir o Grêmio

Sabe aquele árbitro que expulsa um jogador de determinado time e a partir daquele momento fica pressionado a expulsar um outro da equipe adversária?

Pois bem…. Essa é a situação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a partir de agora, após excluir nessa quarta-feira, por unanimidade, o Grêmio da Copa do Brasil por problemas de racismo por parte de seus torcedores na partida diante do Santos, na semana passada, no sul do país.

A decisão, polêmica e dura, abre um precedente perigoso no futebol brasileiro tão recheado de mazelas e desmandos. A partir de agora tudo deverá ser levado a ferro e fogo no momento de analisar as punições aos clubes. E sob pressão nem sempre se tem a frieza e o equilíbrio para julgar e tomar as decisões mais corretas e sensatas.

Defendi aqui, um dia depois das ofensas racistas sofridas pelo goleiro Aranha por parte de torcedores gremistas, que deveria haver a prisão dos racistas, como manda a Lei, e punição ao clube.

Creio que a agremiação deva ser punida diante de infrações assim, até para que os torcedores entendam que são uma extensão do clube a qual representam nas arquibancadas. Cite na ocasião que a punição aos times por objetos jogados ao campo fez com que os torcedores se vigiassem e esse problema diminuísse consideravelmente no futebol brasileiro.

No entanto, entendo que um número de jogos com portões fechados seria a punição mais correta e sensata por parte do Tribunal. Pela gravidade do fato (racismo), os auditores optaram pela exclusão do clube, o que surpreende e preocupa, admito.

O Grêmio pode recorrer da decisão em segunda instância no Pleno do STJD, o que deve acontecer em 15 dias. Mas é fato que, caso o clube opte por recorrer da pena, será muito difícil obter sucesso na decisão, já que é uma tendência do Pleno avalizar a decisão da primeira instância.

O clube gaúcho foi multado ainda em R$ 50 mil, mas não perdeu mando de campo por “ato discriminatório”, o que de certa forma ameniza o que considero uma pena desmedida por parte do Tribunal, uma vez que a perda de mandos de campo como um outro equívoco do STJD.

Neste caso, a melhor punição seria mesmo portões fechados. A perda de mando e a obrigatoriedade de jogar longe da cidade nem sempre se traduz em penalidade ao infrator, o qual muitas vezes joga em outra praça, enche o estádio, fatura um bom dinheiro e ainda por cima força o adversário a viajar para pagar com ele tal punição. Mais uma aberração do futebol brasileiro.

O STJD acerta e erra ao punir o Grêmio. O que temo é o que virá pela frente. Que os demais clubes se cubram, pois virão mais equívocos pela frente, com toda certeza.

Foto: ESPN / Reprodução

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE